quinta-feira, 8 de setembro de 2011

11 de Setembro

Eu estava dormindo qndo meu marido me ligou. Ele estava nervoso e pediu pra que eu ligasse a TV. Ele me disse que viu da janela do escritorio um aviao bater na torre. Entao vi q tinha entrado um aviao na torre, mas ninguem sabia o pq. Logo depois entrou o segundo e a ligacao foi desconectada. Fiquei desesperada pois nao sabia quao perto ele estava, e nem o que estava acontecendo. Fiquei com medo, e se fosse uma guerra? Eu estava no apartamento do meu marido, entao namorado, e era no 39 andar e mesmo sendo no Upper East side dava pra ver a fumaca saindo das Torres. Alias por dias se viu uma nuvem da minha janela.
Nao consegui me comunicar com meu marido, sua familia me ligava e eu nao tinha respostas, mas logo ele chegou em casa, assustado, sujo e meio atordoado. Demorou dias pra ele parar de sonhar com a cena do aviao batendo na Torre. Poucos dias depois ouvimos um barulho estrondoso e nos abaixamos, pensando o pior, e nao era nada. Mas essa era a sensacao, de algo podia acontecer a qualquer momento.
Fomos no dia segunte no ground zero para doar pizzas e baterias (era pedido na Tv para fazermos isso). O cheiro la era terrivel! Cheiro de morte!
Fomos doar sangue mas todos os locais para doacao ja tinham mais do que o suficiente, pois tdos estavam doando. Pois eh, tdos se uniram, doaram sangue, dividiram lagrimas! Uma sencacao da verdadeira comunidade. Uma coisa muito forte nos uniram. Nao da pra explicar, mas eh como se tdos se olhassem e pela primeira vez se viam, sabe.

Ja faz tanto tempo tudo isso, e ainda esta marcado em todos nos. Todos se lembram aonde estavam naquele dia terrivel. Acho tao feio aqueles que dizem que os americanos mereceram isso! Fico muito magoada que existem pessoas que possam pensar isso, desejar isso ao proximo. Claro que existem sofrimentos em tantos lugares, tantas vitimas pelo mundo, e eu sinto por todas elas. Mas isso nao desculpa esse ato horrivel contra o ser humano, e tambem nao justifica ao pensamento daquele que da com os ombros e diz sem nenhuma compaixao: existe tanta coisa pior no mundo!

Espero que a familia das vitimas encontrem paz. E o que era para nos deixar mais fraco so nos deu forca, pois nos tornou mais humanos.

9 comentários:

  1. Fabi, q lido seu texto. Isso mexeu muito c todos, e uniu muito os navoiorquinos s duvida... independentemente de qq coisa, acho q foi uma das atitudes mais crueis e covardes que ja aconteceu no mundo.
    bjs, Sil

    ResponderExcluir
  2. Fa, obrigada pelo seu depoimento. É sempre bom saber que ainda existem pessoas com o coração bom. Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Fabi,qdo comentei com meu marido sobre os depoimentos das meninas que viveram o 9/11 aqui e que muitas pessoas disserm que vinha um cheiro estranho do sul da ilha, ele me falou 'devia ser cheiro de morte". Meu Deus... Nao consigo nem calcular o que vcs sentiram e passaram. Se de longe eu sofri e me abati, fico so pensando como foi por aqui. Um beijo.

    ResponderExcluir
  4. VIII CONCURSO PLÍNIO MOTA DE POESIAS 2011 (MACHADO-MG). FALEM COMIGO!

    A ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS (Machado-MG) comunica que estão
    abertas as inscrições para o VIII Concurso Plínio Motta de Poesias, do
    ano 2011.
    Entrem em contato para adquirir o Regulamento:
    a/c Carlos Roberto machadocultural@gmail.com
    ESTE CONCURSO ESTÁ ABERTO PARA TODOS!

    OBS: O VALOR DA INSCRIÇÃO ( 2 REAIS) PODE SER COLOCADO DENTRO DO ENVELOPE COM AS 6 CÓPIAS DA SUA POESIA.

    ResponderExcluir
  5. Estava mudando de canais e me deparei com a Gimenez e a Galisteu falando do Superpop... E bateu uma saudade da época que vc era a apresentadora. Recorri ao velho 'google' e achei seu twitter e seu blog! Há tantos anos não tinha noticias suas! Adorava o Superpop, depois o Interligado, e principalmente seu carisma e simpatia. Fiquei super feliz em saber que vc continua em NY com seu principe e que agora tem duas princesas lindas! Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi Fabi, tudo bem. Me chamo Gabriella Dias sou trabalho no Portal MSN Brasil. Gostaríamos de saber como está sua vida em NY agora e de fazer uma entrevista. O que acha? Obrigada, bjs.

    ResponderExcluir
  7. Sou seu fã desde 2000/2001 e que bom que você tem um blog,mas espero que não pare como fez com um anterior....seus muitos fãs agradecem ! beijos e....por sinal,te acho linda desde que ví uma capa sua em 1995...acho que era da revista Elle ! ;)

    ResponderExcluir
  8. Lágrimas de Areia

    Lá estava ela, triste e taciturna.
    Testemunha de efêmeros conflitos,
    Com um olhar perdido no tempo,
    Não exigia nada em troca
    A não ser um pouco de atenção.

    Sentia-se solitária, oca,
    Os homens admiravam-na pelos seus dotes.
    As crianças, em sua eterna plenitude,
    Admiravam-na muito mais além...
    ... Mais humana!

    De sua profunda melancolia
    Lágrimas surgiram.
    Elas não umedeceram o seu rosto,
    Mas secaram o seu coração,
    O poço da alma,
    Aumentando cada vez mais
    A sua sede.

    Lá ela permaneceu; estática, paralisada!
    Esperando que o vento do norte a levasse
    Para bem longe dali!

    O dia começou a desfalecer.
    Seu coração, outrora seco e vazio,
    Agora pulsava em desenfreada arritmia.
    Desespero!
    A maré estava subindo...

    Em breve voltaria a ser o que era:
    Um simples grão de areia.
    Quiçá um dia levado pelo vento,
    Quiçá um dia... Em um porto seguro.


    Do livro (O Anjo e a Tempestade) de Agamenon Troyan

    ResponderExcluir